Navios deste tipo:

Jianghu I / II
Fragata
Jianghu III / IV
Fragata
Osman
Fragata
Chao Phraya
Fragata

Listar navios do tipo
Fragata


Tailandia
Fragata classe
Chao Phraya
(tipo Jianghu)
Jianghu

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 1676 Ton
Deslocamento máx. : 1924 Ton.
Tipo de propulsão: Motor a Diesel
Comprimento: 103.2 M - Largura: 11.3M
Calado: 3.1 M.
4 x Motor a Diesel MTU 20V 1163 TB83 (29440cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 168 Autonomia: 6300Km a 18 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 30 nós

Canhões / armamento principal
4 x Chinese State Factories 100mm L/56 ENG-2 / Type-79 (Calibre: 100mm/Alcance: 23Km)
8 x Soviet State Factories 37mm L/67 66-K (2x) (Calibre: 37mm/Alcance: 8.4Km)

Misseis
Sistema de lançamento N/DC-801 / YJ-81 «CSS-N-4 Sardine»8 x Chinese State Factories C-801 / YJ-81 «CSS-N-4 Sardine» (Anti-navio)


Forum de discussão

Constituida por quatro navios, a classe Chao Phraya divide-se por sua vez em dois tipos de navios com características distintas:

Os primeiros dois navios são basicamente idênticos à classe chinesa Jianghu-III, com as suas duas torres duplas armadas com canhões de 100mm.
Os dois últimos (457 Kraburi e 458 Saiburi) possuem características diferentes, pois em vez de estarem equipados com uma torre com duas peças de 100mm à ré, eles receberam uma pista de pouso para helicópteros. Embora tenha sido instalada um pista, não foi instalado um hangar.

Eles são claramente navios da séria Jianghu-III distinguindo-se pelo «deck» elevado na parte central, relativamente às estremidades do navio, onde se encontram os armamentos.

No entanto, as fragatas Chao Phraya têm uma outra característica distintiva, que é a inclusão de quatro motores em vez de dois, aumentando a potência total para 29440cv e permitindo atingir velocidades na casa dos 30 nós.

Esta característica transforma as quatro «Chao Phraya» nas fragatas mais rápidas de entre todos os navios do tipo «Jianghu».


Informação genérica:
As fragatas do tipo Jianghu foram desenvolvidas na China no inicio dos anos 70, com o primeiro navio lançado em 1974. Esta familia de navios, deveria começar a substituir um grande numero de patrulhas costeiros ao serviço da marinha popular de libertação, construidos desde os anos 50 e que eram até aos anos 70 a principal linha de defesa da marinha chinesa.

As fragatas Jianghu não se destinava a substituir os patrulhas na mesma proporção, dado serem navios muito mais poderosos, mas permitiam à marinha chinesa aumentar o seu numero de navios com capacidade oceânica.

As Jianghu foram também desenhadas tendo em vista o mercado de exportação, para os países que já tinham adquirido os patrulhas chineses.

Estes navios chineses, pelas suas dimensões aproximadas e configuração, parecem ter sido inspirados na classe de fragatas ligeiras do tipo «Riga», construidas na União Soviética a partir dos anos 50, embora ligeiramente aumentadas de cerca de 10m. O que permitiu a acomodação de lançadores de mísseis anti-navio.


Reconhecem-se os seguintes tipos de navios do tipo Jianghu :

Jianghu-I - Duas torres com uma peça de 100mm cada uma e um sistema óptico de determinação de distâncias. Caracteriza-se por uma chaminé quadrada

Jianghu-II - As torres com uma única peça foram substituidas por torres duplas com peças de 100mm. Estas fragatas contam com um radar de controlo de tiro «Wok Won». A chaminé é arredondada.

Jianghu-I/Egipto - Esta versão é idêntica à I, especificamente produzida para a marinha do Egipto em 1984, e que está equipada com quatro canhões de 57mm em vez de canhões de 100mm. Inicialmente designava-se esta classe de navios como Jianghu-III.

Jianghu-III - Dois navios contruidos, com 100t adicionais de deslocamento. Os navios deste tipo são os primciros a receber o míssil anti-navio C-801 . Também estão armadas com dois canhões de 100mm controlados por um novo radar de controlo de tiro «Rice Lamp» e receberam lançadores de torpedos de 324mm. Esta série caracteriza-se por uma secção a meio do navio mais elevada que a proa e a popa.

Jianghu-IV - Claramente identificada pelo seu hangar e pela estrutura de suporte da plataforma de aterragem na popa do navio. O hangar foi instalado no lugar da torre dupla de 100mm colocada à ré, que nestes navios foi suprimida.

O desenvolvimento desta classe de fragatas prosseguiu, mas os técnicos chineses concluiram que num casco de dimensões relativamente pequenas não era viável prosseguir o desenvolvimento da instalação de novos sistemas.

O estudo resultante deu lugar às fragatas do tipo Jiangwei de maiores dimensões e que aproveitaram o desenvolvimento da família Jianghu.


   
---