Navios deste tipo:

Leopard «Type 41»
Fragata
Brahmaputra (1958)
Fragata
Abu Bakr
Fragata

Listar navios do tipo
Fragata


India
Fragata classe
Brahmaputra (1958)
(tipo Type-41)
Type-41

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 2300 Ton
Deslocamento máx. : 2520 Ton.
Tipo de propulsão: Motor a Diesel
Comprimento: 103.6 M - Largura: 12.2M
Calado: 3.6 M.
8 x Motor a Diesel ASR1 (14400cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 205 Autonomia: 14000Km a 16 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 25 nós

Canhões / armamento principal
4 x Vickers Defence 114mm/45 QF Mk.6 m.1947 (UK) (Calibre: 114mm/Alcance: 18.97Km)

Radares
- BAE Systems Electronics T-965 / 965M (Pesquisa aérea - Al.med: 145Km)


Forum de discussão

A marinha da União Indiana, adquiriu aos estaleiros britânicos, três unidades da classe Leopard, ou Tipo-41. Como um dos navios estava ainda em construção para a Royal Navy, foi decidido terminar o navio britânico mas entrega-lo à marinha da India. Os restantes dois navios foram entregues dois anos depois.

Estes navios eram os mais modernos e sofisticados navios de guerra da marinha da India, quando ocorreu a invasão do território português de Goa (juntamente com as dependências de Damão e Diu) em 18 de Dezembro de 1961.

A superioridade das peças de 114mm deste navio, em termos de cadência de tiro era considerável, ainda que se tratasse de armamento que raramente conseguia atingir a sua cadência máxima de tiro. A principal diferença para o único navio da marinha portuguesa era no entanto a diferença de gerações que havia entre os sistemas de controlo de tiro de um e do outro navio.

Ainda assim, aparentemente um destes navios foi atingido por um disparo de 120mm do navio português «NRP Afonso de Albuquerque». Sabe-se que a fragata indiana abandonou apressadamente o combate, sendo de imediato substituido por outro navio, alegadamente um contratorpedeiro da classe Rana. O facto de se tratar de navios muito novos e caros, poderá explicar a retirada apressada, para evitar males maiores.

A marinha da União Indiana não reconhece qualquer dano nos seus navios, mas são muito comuns as inconsistências entre os dados fornecidos pela marinha da India e dados obtidos de outras fontes, de entre as quais se destaca a observação visual a partir de terra. A proximidade do periodo eleitoral na Índia que poderiam ser afectadas pelo mais pequeno revés militar, tornaria de qualquer modo absolutamente proíbida a divulgação de qualquer exito português nos combates.

Os navios voltariam a entrar em combate alguns anos mais tarde na guerra contra o Paquistão


Informação genérica:
Os navios da classe Leopard ou Type 41 foram concebidos na Grã Bretanha, como navios dedicados à luta anti-aérea.

Na altura ainda se considerava viável a utilização de canhões contra todo o tipo de ameaça aérea , embora os avioes a jacto já começassem a ser comuns.

As fragatas receberam um novo tipo de armamento principal de duplo uso, que poderia ser utilizado contra navios como contra aeronaves.

Esse tipo de armamento tornou-se standard em praticamente todoso os navios britânicos do pós-guerra.


   
---