Navios deste tipo:

Sierra I / II
Submarino nuclear de ataque
Akula
Submarino nuclear / mísseis de cruzeiro
Akula II
Submarino nuclear / mísseis de cruzeiro

Listar navios do tipo
Submarino nuclear de ataque


União Soviética
Submarino nuclear de ataque classe
Sierra I / II
(tipo Sierra / Akula)
Sierra / Akula

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 7200 Ton
Deslocamento máx. : 10100 Ton.
Tipo de propulsão: Reactor nuclear
Comprimento: 112.7 M - Largura: 12.3M
Calado: 9.4 M.
Profundidade: 450 M
Numero de tubos: 6
1 x Reactor nuclear OK-650 (50000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 0 Autonomia: 0Km a 0 nós - Nr. Eixos: 1 - Velocidade Máxima: 0 nós

Misseis
Sistema de lançamento N/DSS-N-21 / Kh-55SM  «Granat»8 x Raduga SS-N-21 / Kh-55SM «Granat» (Ataque ao solo)


Forum de discussão

Existem ainda hoje dúvidas sobre o desenvolvimento da classe Sierra e das suas características e objectivos do projecto. Os navios são conhecidos como Projecto-945.

O objectivo dos submarinos Sierra parece ter sido o de desenvolver uma classe de submarinos tão ágeis quanto os submarinos de ataque, mas ao mesmo tempo suficientemente poderosos para transportar e disparar mísseis de cruzeiro que poderiam ser equipados com ogivas nucleares.

Em teoria, e embora se trate de submarinos de dimensões diferentes, o desenvolvimento do Sierra beneficiou dos estudos de desenvolvimento dos submarinos da classe Alfa. Evidentemente que os Sierra são muito maiores e foram construídos com muito espaço suficiente para acomodar um numero maior de torpedos e mísseis.

Reconhecendo que o ruído foi sempre um dos principais problemas dos submarinos soviéticos os Sierra foram construídos com um casco exterior desenhado para receber painéis de absorção de ruído, que se tornaram padrão nos submarinos soviéticos a partir dos anos 80.

O desenvolvimento dos Sierra foi afectado pelo aumento muito significativo dos custos dos submarinos, especialmente por causa do seu casco em titânio, um metal extremamente caro.
Resultado do alto custo, a construção de submarinos da classe Sierra foi interrompida, à medida que os submarinos da classe Akula se tornavam uma opção mais barata e equivalente do ponto de vista do valor militar.

Podem-se identificar duas séries diferentes de submarinos Sierra. Os Sierra-II têm uma vela de maiores dimensões, que acomoda duas câmaras de salvamento, contra apenas uma nos Sierra-I.
Equivalentes em termos genéricos à classe norte-americana Los Angeles, os Sierra dispunham alegadamente de melhor capacidade para detecção de alvos na sua versão II, resultado da inclusão de um novo sistema de Sonar.


Informação genérica:
Desenhados nos anos 70 e lançados nos anos 80, os submarinos das classes Sierra e Akula, são um desenvolvimento dos submarinos das classes Victor e Alfa que foram lançados nos anos 60 e 70..

Project 971 / Schuka-b / Akula


   
---