Navios deste tipo:

Xia
Submarino nuclear / misseis balísticos
Jin
Submarino nuclear / misseis balísticos

Listar navios do tipo
Submarino nuclear / misseis balísticos


China popular
Submarino nuclear / misseis balísticos classe
Jin
(tipo Xia / Jin)
Xia / Jin

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 8000 Ton
Deslocamento máx. : 10000 Ton.
Tipo de propulsão: Nuclear / Turbo-electrica
Comprimento: 133 M - Largura: 0M
Calado: 0 M.
Profundidade: 300 M
Numero de tubos: 6
1 x Reactor nuclear (0)
Tripulação / Guarnição: 140 Autonomia: 9999Km a 0 nós - Nr. Eixos: 1 - Velocidade Máxima: 20 nós

Misseis
Sistema de lançamento N/DCSS-NX-5 «Giant Wave» (JL-2)12 x Chinese State Factories CSS-NX-5 «Giant Wave» (JL-2) (Arma estratégica)


Forum de discussão

A classe Jin, é a segunda classe de submarinos de mísseis balísticos chinesa. Construidos tendo como base os estudos realizados para o anterior modelo e beneficiando de apoio de técnicos russos contratados após o colapso da União Soviética no inicio dos anos 90 os chineses começaram a construir o primeiro navio da nova classe em 1999.

Aparentemente os dois navios da classe não entraram ainda oficialmente ao serviço da marinha chinesa e ainda aguardam a integração do novo míssil SS-NX-4, que é o primeiro verdadeiro míssil balistco lançado de submarinos ao serviço da China.

Os submarinos da classe Jin estão longe da actual sofisticação dos submarinos ocidentais ou russos, no entanto a classe, quando operacional, aumetará de forma dramática a capacidade estratégica da marinha chinesa.

Além da tecnologia utilizada nos «Jin», que é necessáriamente muito mais actualizada, e inclui por exemplo a incorporação de um casco duplo, a diferença mais significativa entre esta classe e a anterior (de um só navio) está na capacidade dos mísseis. Um submarino do tipo Jin, somando a potência máxima das ogivas que transporta, atinge um valor de 12MT contra 1.8MT

A capacidade dos mísseis SS-NX-4 permite mesmo dizer que a marinha chinesa só ficará com uma real capacidade de disuasão estratégica quando estes navios entrarem em serviço.

Tal afirmação compreende-se quando se analisa a possivel doutrina de utilização do anterior navio da classe Xian, que por ser apenas um e estar equipado com mísseis de médio alcance, apenas poderia ser utilizado eficazmente como arma de ataque e não de retaliação.

Não há indicação exacta de quantos navios a China pretende construir. Analistas norte-americanos afirmam que a Chna precisa de pelo menos cinco submarinos para manter permanentemente uma força dissuasora no mar.
Sabe-se porém que a aproximação chinesa ao problema da construção de navios, tem passado pela construção de pequenas séries constituidas por dois navios, que vão sendo incorporadas a medida em que se estudam novas soluções para a série seguinte.
Isto deixa espaço para especulações segundo as quais, os dois navios da classe Jin serão apenas mais uma etapa e que uma nova classe de submarinos poderá já estar a ser planeada.


Informação genérica:
A China começou a estudar a adaptação do seu primeiro submarino nuclear de ataque em submarino nuclear lançador de mísseis de cruzeiro, pouco depois de ter começado os estudos para o lançamento da classe Han.

O desenho do primeiro desses submarinos iniciou-se nos anos 70 e em 1978 o primeiro e único navio da clase Xia foi lançado.

Os maus resultados com a classe e as dificuldades que os chineses tiveram com o navio levaram a que os restantes três navios fossem cancelados.

Os trabalhos de desenvolvimento continuaram e os chineses pediram auxilio à empresa russa Rubin - já durante os anos 90 - para os ajudar a desenhar uma nova classe de submarinos.

Classe Jin

O resultado apareceu na forma da classe Jin, que segue basicamente a mesma estrutura do anterior Xia, beneficiando dos desenvolvimentos tecnológicos que entretanto ficaram disponíveis, da experiência ganha pelos estaleiros chineses e naturalmente da experiência técnica dos russos.

Quer o único navio da primeira classe quer os restantes navios do segundo tipo lembram os submarinos russos da classe Delta, ainda que possuam apenas 12 tubos em vez de 16.


Classe Tang ?

Presentemente apenas dois navios da classe Jin foram construidos e não foram ainda declarados operacionais. O facto de os mísseis SS-NX-4 serem relativamente recentes pode explicar o atraso.

O tradicional «modus operandi» da marinha chinesa deixa lugar a especulações segundo as quais a classe Jin é apenas uma etapa e que os chineses passarão para a fase seguinte que consiste numa classe de navios derivados da classe Jin, mas com uma secção acrescentada que permite ttransportar o dobro dos mísseis.

Tal classe de submarino, que é presentemente apenas especulação, permitiria à China dispor de um navio equivalente em termos de numero de mísseis, aos submarinos da classe Ohio norte-americana.


   
---