Navios deste tipo:

Fletcher
Contra torpedeiro
Lepanto (1957)
Contra torpedeiro
Pará (1959)
Contra torpedeiro
Brown (1961)
Contra torpedeiro

Listar navios do tipo
Contra torpedeiro


Estados Unidos da América
Contra torpedeiro classe
Fletcher
(tipo Fletcher)
Fletcher

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 2050 Ton
Deslocamento máx. : 2500 Ton.
Tipo de propulsão: Turbina a vapor
Comprimento: 114.8 M - Largura: 12M
Calado: 3.8 M.
4 x Caldeiras (oleo) Babcock & Wilcox (0)
2 x Turbina a vapor General Electric (60000cv/hp)
Tripulação / Guarnição: 343 Autonomia: 8600Km a 15 nós - Nr. Eixos: 2 - Velocidade Máxima: 36.5 nós

Canhões / armamento principal
5 x US Naval Gun Factory 127mm /38 (1x) Mk.30 m.1932 (Calibre: 127mm/Alcance: 11Km)


Forum de discussão

A classe «Fletcher» constitui a mais numerosa classe de navios de guerra construidos durante a II Guerra Mundial, com um total de 175 navios construidos.
A quantidade de navios construidos foi uma afirmação da capacidade industrial norte-americana, que no final, pesou de forma definitiva na balança de poder da II Guerra Mundial.

O desenho dos navios foi apresentado em Janeiro de 1940 e previa um navio de 2100t com motores com uma potência de 60,000cv que poderiam fazer o navio atingir a elevada velocidade de 38 nós.

O projecto foi considerado muito equilibrado e de imediato foram colocadas encomendas para as primeiras vinte e quatro unidades. Até ao final do ano de 1940, o total de unidades encomendadas tinha já atingido 100.
A entrada dos Estados Unidos na guerra no final de 1941, levou à encomenda de mais 75 unidades.

A entrada na guerra também levou a que fosse feita uma revisão do projecto no que dizia respeito ao armamento anti-aéreo. As peças de 28mm utilizadas para defesa anti-aérea foram substituidas pelos na altura novíssimos Bofors de 40mm e 60 calibres, ao mesmo tempo que as previstas metralhadoras de 12,7mm foram substituidas por canhões ligeiros de 20mm do tipo Oerlikon.

A segunda série de navios, diferia também da primeira por estar equipada com radar de superficie e radar director de tiro.

Ainda durante a guerra, foram sendo feitas modificações para tornar os navios mais eficientes. O numero de canhões de 40mm foi aumentado em mais dois.


O facto de a classe ter começado a ser construida antes da entrada dos Estados Unidos na guerra, fez que eles estivessem entre os navios mais poderosos da esquadra norte-americana, onde os cruzadores eram rellativamente antigos e poucos e onde os couraçados tinham sido quase todos postos fora de acção após Pearl Harbour.

Os contra-torpedeiros da classe Fletcher entraram em acção contra as forças japonesas durante as batalhas em torno de Guadalcanal, tendo a sua acção e os seus torpedos sido decisivos no afundamento do couraçado japonês Hiei.

O último navio da classe a sair de serviço na marinha norte-americana foi o USS Stoddard que foi retirado em 26 de Setembro de 1969.

Custo:11,086 milhões de dólares americanos


Informação genérica:
A mais numerosa classe de navios construida durante a II guerra mundial [1], a classe Fletcher continuou ao serviço na marinha dos Estados Unidos em alguns casos até ao final dos anos 60. Depois de ter servido na marinha norte-americana, uma parte da frota foi cedida a marinhas de países aliados.

Embora em termos numéricos a classe seja muito significativa ela não foi escolhida para grande numero de modernizações. A razão que explica isto reside no facto de haver muitos navios de outras classes um pouco mais modernas (igualmente lançadas durante a II Guerra Mundial), como as classes Allen Sumner e Gearing que eram mais adequadas a modernizações.

Isto levou a que muitas unidades fossem disponibilizadas para venda e cedência gratuita a marinhas estrangeiras e muitos navios continuaram no serviço activo durante cerca de quarenta anos.

Classe Pará
Navios cedidos ou vendidos à marinha do Brasil.


[1] - A classe Gearing teve 105 unidades encomendadas mas 11 foram canceladas por causa do fim da guerra. Algumas publicações consideram conjuntamente as classes Gearing e Allen M.Sumner. Neste caso se estas duas classes forem consideradas como uma só, teriam sido construidas 159 unidades, o que ultrapassa as 98 unidades da classe Fletcher.


   
---