Navios deste tipo:

Swiftsure
Submarino nuclear de ataque
Trafalgar
Submarino nuclear / mísseis de cruzeiro
Astute
Submarino nuclear / mísseis de cruzeiro

Listar navios do tipo
Submarino nuclear de ataque


Reino Unido
Submarino nuclear de ataque classe
Swiftsure
(tipo Swiftsure / Trafalgar / Astute)
Swiftsure / Trafalgar / Astute

Dados principais Motores
Deslocamento standard: 4000 Ton
Deslocamento máx. : 4900 Ton.
Tipo de propulsão: Reactor nuclear
Comprimento: 82.9 M - Largura: 9.8M
Calado: 8.5 M.
Profundidade: 300 M
Numero de tubos: 5
Tripulação / Guarnição: 116 Autonomia: 9999Km a 0 nós - Nr. Eixos: 1 - Velocidade Máxima: 30 nós

Misseis
Sistema de lançamento N/DHarpoon UGM 844 x Boeing Harpoon UGM 84 (Anti-navio)


Forum de discussão

Os submarinos do tipo foram construidos como submarinos nucleares de ataque, embora o penúltimo navio a ser construido, o HMS Spartan, tenha inaugurado na Royal Navy a época dos submarinos nucleares com capacidade para lançar mísseis de cruzeiro, uma característica que passou a ser standard nos navios das classes seguintes.

Embora inspirados nos anteriores submarinos da classe Valiant, os Swiftsure são quase quatro metros mais curtos e têm uma forma mais «gorda». A vela dos navios também é mais baixa, com os lemes colocados em posição mais avançada.

O numero de tubos para torpedos foi reduzido nesta classe de seis para cinco e são transportados 20 torpedos ou mísseis, o que também constitui uma redução em comparação com os anteriores navios da classe Valiant.

A contrapartida, que dá a vantagem aos os Swiftsure, é a capacidade de atingir profundidades maiores. Em meados dos anos 80, os navios da classe começaram a ser modificados e modernizados. Durante a modernização a que todos os navios foram submetidos, os torpedos Tigerfish, foram substituidos por torpedos Spearfish.
Quando se preparava a modernização do primeiro navio do tipo, o HMS Swiftsure, considerou-se que o seu estado não era satisfatório, especialmente ao nível da área pressurizada onde se encontrava o reactor nuclear e como resultado ele foi retirado de serviço em 1992. Todos os restantes navios foram modernizados entre 1987 e 1997, tendo recebido um novo reactor (que dura 12 anos). Os navios receberam novos sonares e uma protecção de módulos para absorção acústica.

Os navios desta classe deveriam ser substituidos pela classe Swiftsure, à medida que esses submarinos entrassem ao serviço, mas os atrasos no desenvolvimento dos Swiftsure e as restrições orçamentais, fizeram com que praticamente todos os Swiftsure tenham sido retirados de serviço antes de os Astute entrarem ao serviço.


Informação genérica:
Depois de nos anos 60 e 70 a Grã Bretanha ter operado navio submarinos movidos a energia nuclear, unicamente para a função de atauqe, a situação mudou quando os britânicos lançaram os seus primeiros submarinos com capacidade para disparar mísseis de cruzeiro.

Swiftsure
A classe Swiftsure foi a primeira classe de submarinos britânicos a receber mísseis de cruzeiro Tomahawk, embora apenas um navio tenha sido constuido com esta característica.

Trafalgar
Esta classe de submarinos veio complementar os Swiftsure, e caracteriza-se por ser a primeira classe de navios desenhada desde o inicio para o transporte de mísseis de cruzeiro.

Astute
Os Astute, começaram por substituir os Swiftsure à medida que estes foram saindo de serviço, e deverão permanecer ao serviço com alguns navios da classe Trafalgar.


   
---