Crise na Siria

Comentários às notícias publicadas

Re: Crise na Siria

Mensagempor khaled » sexta Oct 10, 2014 6:27 pm

Violência se espalha nos protestos na Turquia, e agora vão para Irã com a população de origem curda pedindo uma intervenção em Kobane, só Erdogan prefere ter os jihadistas na sua fronteira do que ir em auxílio dos curdos por vários motivos internos e para muitos externos também.
khaled
Major
Major
 
Mensagens: 652
Registado: quinta fev 09, 2012 10:28 pm
 

Re: Crise na Siria

Mensagempor Dozer » sábado Oct 11, 2014 12:18 pm

O argumento tem sido o de que os turcos não querem entrar na Síria sozinhos.
Enquanto os outros mandam aviões para bombardear do ar, a Turquia teria que colocar diretamente soldados em território sírio.
Nestas coisas, é sempre facil saber quando se começa uma intervenção militar, o problema é sempre a saída.

Os turcos acham que se atacam o ISIL, vão apenas dar força ao Bashar Al Assad e parece que isso é a última coisa que eles querem fazer.
As coisas azedaram tanto entre o governo de Damasco e os turcos, que nunca mais haverá boas relações entre os dois países enquanto o Assad continuar a mandar.
Avatar do Utilizador
Dozer
Tenente
Tenente
 
Mensagens: 196
Registado: segunda dez 05, 2011 1:52 am
 

Re: Crise na Siria

Mensagempor khaled » segunda Oct 13, 2014 8:20 pm

Não só os turcos estão apenas na fronteira olhando o Estado Islâmico, a milícia allawita também não avança nada, mesmo depois da perda da importante da base aérea de Tabqa.

Nesse momento pelos informes a luta parece ser contra a EI, YPG, e forças aéreas da NATO e países do Golfo na Síria.

Já no Iraque quem faz ofensivas são o Peshmerga, "aliados" e força aérea da NATO. A ofensiva atual é para recuperar Sinjar (1) , Bartala, Baqshiqa, Hamdaniyah (2), Maryam Beg (3), a 3 talvez seja a linha mais importante por que salvará Kirkuk e alivia o avanço do EI em Bagdah.

Mesmo assim, alguém grande tem que estar passando munição para eles, estoques capturados não são "Ad infinitum".
khaled
Major
Major
 
Mensagens: 652
Registado: quinta fev 09, 2012 10:28 pm
 

Re: Crise na Siria

Mensagempor pt-papatango » terça Oct 14, 2014 2:24 pm

E agora os turcos começaram a atacar posições dos curdos em pontos dentro da Turquia.
Dá a impressão de que pretendem lembrar a sua própria opinião pública de que a Turquia considera o Curdistão como uma ameaça à sua própria integridade nacional.

Era de prever que, à medida que os curdos aparecem como um dos poucos grupos capazes de deter o avanço do ISIL, a Turquia começasse a mostrar desconforto.
Depois há os vários grupos do que se chama Exército da Síria Livre, que é uma manta de retalhos, com um comandante a viver em Istambul e sem uma força armada com capacidade efetiva.

Resta ainda a Alqaeda, que aparece nesta história como uma força terrorista moderada :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Soluções ?

Se os americanos intervêm são culpados de invasão.
Se não mexem uma palha, são culpados de cobardia.
Se enviam tropas, são culpados de ingerência nos assuntos internos.
Se fazem só bombardeamentos aéreos, são culpados de falta de vigos na intervenção.

Qual é a diferença entre a Líbia e a Síria ?

Serão situações idênticas, ou uma delas é preferível à outra ?
pt-papatango
Capitão
Capitão
 
Mensagens: 271
Registado: terça jan 24, 2012 4:42 pm
 

Re: Crise na Siria

Mensagempor khaled » terça Oct 14, 2014 10:58 pm

Os dois exemplos tem uma diferença para atacar a Líbia, eles não precisavam da Turquia, que nos primeiros dias criticava abertamente a intervenção e ainda tentou um acordo pouco dias antes da ofensiva que resultou no fim, caso o ditador tivesse aceitado por Erdogan, o filho dele estaria agora no poder.

Lembrando que a ISIS tem agora um canal na Líbia, que gera as notícias de Sirte...território dominado por uma certa tribo :toma: , nem é de se estranhar afinal a ISIS tem a mesma visão de mundo anti-ocidental e usa os mesmos métodos que essas ditaduras.

Sem a fronteira aberta entre Kobane e Turquia para enviar suprimentos, mesmo que agora sobreviva o enclave, estará sempre ameaçado. Qual seria a saída?

Unir a defesa desses territórios administrados pelo YPG ao Peshmerga e criar um Curdistão que iria quase até Aleppo. Isso nem interessa a Ancara, Bagdá, Qardaha :santinho:, ou Teerã, quer dizer o entorno do conflito é contra a solução.

Poderia fazer algo como Berlin com ponte aérea, mas para isso teria que ter tropas no chão, e a doutrina Obama é contra. Mesmo assim, hoje parece que o YPG retormou Miştenur Hill e volta a controlar um dos pontos mais importantes da região próxima a cidade, talvez seja um pequeno alívio ou eles estão enviando tropas para Bagdá que parece que pode cair também, pelo menos o lado sunita da cidade.

Mas, Vice captou o problema de Kobane no despacho: https://www.youtube.com/watch?v=PA-3MeRblRI

Abraços,
khaled
Major
Major
 
Mensagens: 652
Registado: quinta fev 09, 2012 10:28 pm
 

Re: Crise na Siria

Mensagempor mafarrico » quarta Oct 15, 2014 2:33 am

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem

Imagem
mafarrico
Cabo
Cabo
 
Mensagens: 42
Registado: quarta ago 28, 2013 2:24 am
 

Re: Crise na Siria

Mensagempor mafets » quarta Oct 15, 2014 10:02 am

http://popularmilitary.com/obama-faces-grim-update-islamic-state-airstrikes/
President Barack Obama will receive an update today on the effectiveness of airstrikes in the fight against the Islamic State in a meeting with defense ministers from coalition member nations.

Imagem
'We will chop off the heads of whoever you bring': British ISIS fighter dares west to send ground troops in new video rant - despite fanatics being pushed back in Kobane http://www.dailymail.co.uk/news/article-2795186/isis-pounded-air-kurds-kobane-commander-says-jets-drones-killed-fanatics-warns-battle-isn-t-over.html?ito=social-facebook


Cumprimentos
Avatar do Utilizador
mafets
Major
Major
 
Mensagens: 749
Registado: sexta dez 09, 2011 3:51 pm
 

Re: Crise na Siria

Mensagempor khaled » quarta nov 05, 2014 12:08 am

Antes de começar a falar da Síria, o presidente turco inaugurou um palácio lindo, 250 milhões de euros apenas.

http://assets0.exame.abril.com.br/asset ... urquia.jpg


Enquanto isso outro dos sultões do Oriente Médio vive nababescamente em seu palácio que imita o de Oz, sua milícia vem perdendo terreno ao Sul de Damasco e a leste de Ghota, ameaçando as rotas entre a cidade e o norte do país. Por isso, foi lançado um novo alistamento de quem mora no litoral.

Claro que a Nusra ataca FSA em Aleppo; o Estado Islâmico, os curdos em Kobane, é uma guerra total de extermínio de todos contra todos (400 bombas barris em Daraa, Aleppo e Damasco) , inclusive os poucos ativistas de direitos humanos que ainda estão soltos e teimam em ficar no país, estão sendo presos, como a médica Maria Sha’bo presa que participou a convite de um workshop da ONU sobre direitos humanos em Beirute.

Mas, retornando ao mapa da guerra, Bab al-Hawa , na província de Idlib, nas mãos FSA parece ameaçado pela Jabhat al-Nusra fazer a queda do cruzamento nas próximas semanas uma forte possibilidade.

Enquanto isso parece que Exército Sírio Livre (FSA) tenta assumir o cruzamento Naseeb, atualmente, a única passagem aberta entre a Síria e a Jordânia. Provavelmente, o novo alvo do Estado Islâmico será a travessia Al-Ya`roubiya, hoje em mãos dos curdos.

Daraa acontece ferozes combates entre FSA e Allawitas, a única curiosidade é que parece haver uma calma nas fronteiras entre os territórios de Assad e al-Baghdadi.

E o Hezbolah apareceu envolvido em mais um escândalo, um de seus membros preso em Lima/Peru.
http://www.larepublica.pe/28-10-2014/te ... -surquillo

abraço
khaled
Major
Major
 
Mensagens: 652
Registado: quinta fev 09, 2012 10:28 pm
 

Re: Crise na Siria

Mensagempor khaled » quarta nov 12, 2014 6:16 pm

O PYD) nacusou o regime sírio de apenas bombardear a região curda da Síria e rejeitou os relatórios que o governo Assad ter ajudado-os. Em uma entrevista com BasNews, Gharib Hasso o enviado PYD em Erbil respondeu à recente acusação de ministro das Relações Exteriores sírio, Walid Muallem e disse Muallem marcado um representante de um partido chauvinista. Na semana passada, em uma entrevista, Muallem destacou que o governo sírio tem ajudado Kobane, mas Hasso rejeitou a declaração de Muallem e acusou-o de distorcer a realidade ea opinião pública. Após a entrevista Muallem, a região do Curdistão Presidente, Massoud Barzani também criticou o ministro das Relações Exteriores, e disse que as opiniões de Muallem é um reflexo do estado atual regime sírio está. " O regime sírio não nos ajudou, nem pedimos para apoio ", disse Hasso de Erbil.

Ele observou que o discurso de Muallem está longe de ser a realidade da atual situação do Curdistão sírio e seu claro para a comunidade internacional que os curdos próprios criaram uma administração e é clara a sua curdos que luta contra Estado Islâmico (IS) militantes. "O regime de Assad não quer admitir o desenvolvimento de curdos no Curdistão sírio e não querem admitir a realidade da região", acrescentou Hasso. Ele também reconheceu que o propósito das declarações de Muallem era fazer problemas de curdos sírios em um lado, e do outro lado, o regime quer dizer que é o exército sírio, que protege e se preocupa com Kobane. Hasso continuou, "regime sírio é um chauvinista e eles só têm bombardeado áreas curdas, eles não têm nos apoiado em tudo ".


http://basnews.com/en/News/Details/PYD- ... d-Us/42353

Por que não me surpreende que o regime dos Allawistas não ataca o Estado Islâmico.

Sobre o aliado número a facção xiita libanesa Hezbolah apareceu na mídia brasileira devido as suas conexões com o crime organizado nesse país, outra surpresa :naomediga: Logo devido as proibições de inibidores de fome, vai aparecer o produto sírio no mercado negro brasileiro :? , e ninguém nunca sabe nada.

http://noticias.terra.com.br/brasil/pf- ... aRCRD.html

Será que o partido do governo depois de virar partido irmão do Baath, vai também se tornar do Hazbollah :toma:

http://basnews.com/en/News/Details/PYD- ... d-Us/42353

E o último informe da guerra na Síria são 9.500.000 de pessoas que perderam suas casas,
khaled
Major
Major
 
Mensagens: 652
Registado: quinta fev 09, 2012 10:28 pm
 

Re: Crise na Siria

Mensagempor khaled » quarta nov 26, 2014 5:59 pm

YPG ajudou as milícias xiitas com medicamentos e munição em Nubl and Zahra, a noroeste de Allepo que sobre uma ofensiva do Jabhat al-Nusra. YPG se odeia os allawitas também a Nusra, parece que eles têm algum acordo com milícias locais xiitas sírias (menos a libanesa e os allawitas) e FSA.


Ao sul de Allepo, em Safira, além das aldeias, algumas fábricas importantes caíram, entre elas a que o regime fazia os tais barris para jogar dos helicópteros.

EI atacou em Leste de Ghota...claro que foram outros sunitas...Ahrar al-Sham (HASI). Eles ainda foram expulsos de uma aldeia (al-Namliyah ) a noroeste de Deir ez-Zour. Continua a transferência de prisioneiros de guerra do Iraque para Raqqa pelo Califado.

Nada de muito novo, curdos e aldeias cristãs e xiitas, hoje para sobreviver tem que ter milícias de auto-defesa, os allawitas e hezbolah, mais interessados em Homs e a fronteira libanesa. E o campo sunita totalmente fragmentado.

A nova tentativa do enviado especial da ONU e utilizar das tréguas locais para proteger os civis, especialmente em Aleppo. Esforços de paz locais não produzem uma solução para a Guerra Civil, mas trazem a possibilidade de melhora para as comunidades.

--------------------------------------------------------------
Iemen continua o velho cavalo de guerra dos sauditas, agora com Irã que apoia as radicais tribos xiitas do país e quem sabe algumas sunitas.

Antes era com Sadam tanto que o reino expulsou nos anos 1990 quase 1 milhão de iemistas de suas fronteiras, esse movimento e a corrupção do Saleh, já fazem quase 23 anos de conflitos pelo menos e nada, agora sem o corrupto, mas com ex-aliados no poder.

Al-Qaeda na Península Arábica (AQAP) que em 2009 por um suborno foi considerada amiga tanto que bom comportamento todos os detidos do grupo foram soltos lá, agora o governo se apoia na Ansar al-Sharia - Yemen (que até a Turquia foi obrigada a considerar um grupo terrorista) para tentar recuperar o Estado de Shabwah com o apoio aéreo de drones americanos da AQAP.
khaled
Major
Major
 
Mensagens: 652
Registado: quinta fev 09, 2012 10:28 pm
 
AnteriorPróximo

Voltar para Notícias

Quem está ligado:

Utilizadores a ver este Fórum: Nenhum utilizador registado e 2 visitantes

cron