Força Aérea


Translation to English not responsability of areamilitar.net.
Service is supplied as is and correct interpretation is not guaranteed.
Avião de carga da Embraer lançado oficialmente
KC-390 será entregue a partir de 2015
16.04.2009


O esperado lançamento pela brasileira EMBRAER do seu projecto de avião de carga marcou durante a LAAD-2009 a data do inicio de um programa que levará ao fabrico do KC-390 a partir de 2012 e à sua primeira entrega durante 2015.

O KC-390 será um avião de carga militar de médio porte, baseado inicialmente no avião de transporte civil EMB-190, ele foi porém alvo de grand enumero de alterações que praticamente o afastaram do modelo de avião comercial.

O KC-390 terá asa alta, porta traseira para o acesso rápido e facilidade de transporte, juntamente com várias outras capacidades que definem uma aeronave de transporte militar.

O avião brasileiro terá uma capacidade de transporte ligeiramente superior a 20 toneladas , que é o valor de referência para a mais recente versão do Hércules, o C-130J.
Ele pode ser reabastecido em voo e pode ser utilizado como aeronave reabastecedora. Ele poderá transportar viaturas blindadas 6x6 e 8x8, como as que estão presentemente em estudo para futura integração no exército brasileiro.

O novo avião de transporte da Embraer, apresenta-se como um potencial concorrente para o C-130 «Hercules» da americana Lockeed, que embora continue a ser uma referência é visto por muitos como um projecto antiquado.
Além do C-130, outras aeronaves são vistas como potenciais competidores.

O Airbus A-400 tem maiores capacidades, mas o seu enorme custo, poderá servir de incentivo à aquisição de uma maior quantidade de aeronaves, para forças que não tenham necessidade de uma reaio de operação operacional mais elevado.
Aeronaves de concepção russa ou chinesa também poderão ser consideradas como potências concorrentes, principalmente porque embora sejam de um nível de preço idêntico, os clientes consideram-nas como potenciais focos de problemas, pois as empresas dessa origem não têm qualquer tradição em termos de capacidade comercial e de apoio pós venda, que é uma das características da EMBRAER.

Outros modelos de menores dimensões como o Alenia C-27J e o C-295 da EADS também são potenciais concorrentes embora se encontrem noutro segmento de mercado dado tratar-se de aeronaves com capacidade de transporte na casa das 10 toneladas.

Considerando os potenciais mercados onde o futuro KC-380 se tentará impor, a EMBRAER considera que existe um mercado potencial para cerca de 700 aeronaves do tipo.


Últimas noticias sobre este tema

Saab Gripen E/F

FX: Rafale estaria de fora

Embraer pode desistir de vender Super Tucano

Novela brasileira do F/X-2

MMRCA indiano agita F/X-2 brasileiro

Rafale para a Índia pode deixar Brasil de fora

RAFALE: Franceses tentam mais uma vez !

F-18/E/F volta à mó de cima

 
| Forças Armadas de Angola | Exército Brasileiro | Exército Português | Força Aérea Brasileira | Força Aérea Portuguesa | Marinha do Brasil | Marinha Portuguesa | Forças Armadas de Moçambique | Forças Armadas da Guiné-Bissau | Timor - Sociedade | Forças de defesa de Timor | Brasil | Moçambique | Portugal | Listagem de todas as notícias | Listar todos os navios | Listar todas as aeronaves | Listar armas ligeiras | Listar todos os veículos | Artigos de opinião | Médio Oriente | União Europeia | Europa fora a UE | América do Norte | América do Sul e Caribe | África | Índia e Asia Central | Ásia e Oceânia