Sociedade / Política


Translation to English not responsability of areamilitar.net.
Service is supplied as is and correct interpretation is not guaranteed.
Golpe constitucional no Paraguai
Fernando Lugo destituído em 48 horas
22.06.2012


Com o voto de 39 dos 45 senadores paraguaios, o presidente da república Fernando Lugo foi destituído nesta sexta-feira, após sessão do senado na capital Assuncion. A decisão de destituir o presidente paraguaio foi votada às 16:30, hora local.

Todo o processo decorreu em menos de 48 horas e começou na ontem quinta-feira, quando uma votação na câmara dos deputados por 71 votos a favor e um só voto contra subiu à câmara alta para ser confirmada pelos senadores.

Todo o processo foi extremamente rápido, o que levou já vários países da região a considerar a possibilidade de ter ocorrido no país um golpe de estado.

Fernando Lugo foi basicamente acusado de incompetência e de clara incapacidade para gerir os destinos do país. Entre as acusações está o processo de expropriações ocorrido há deez dias atrás, que Fernando Lugo apoiou e que levou à morte de 17 pessoas entre camponeses e policias.

Situação tensa

Apoiantes de Fernando Lugo entraram em confrontos com a polícia anti-motim nas ruas de Assunción, quando a notícia da destituição foi conhecida.
Não há notícia de movimentações militares ou de tropas dos quartéis da região de Assuncion.

Mercosul poderá tomar medidas contra o Paraguai.

Entretanto, vários lideres da América do Sul, nomeadamente os líderes do Mercosul e Unasul, avisaram já que o Paraguai poderá ser objeto de sanções económica, que poderão afetar tremendamente as importações do país.

Segundo líderes de alguns países da Unasul, foi violada a ordem constitucional vigente. Os países membros do Mercosul, inscreveram em sua legislação, regras que impõem um sistema democrático, que poderia já ter sido posto em causa com a crise paraguaia.

Segundo a constituição paraguaia, deve assumir a presidência o vice, Frederico Franco.


Últimas noticias sobre este tema

Morreu Jorge Rafael Videla

Referendo nas Malvinas

Morte de Chavez:

Morreu Hugo Chavez

Argentina volta a pedir Malvinas

Golpe constitucional no Paraguai

Ollanta Humala vence eleições no Peru

Equador calmo, após sequestro presidencial

 
| Forças Armadas de Angola | Exército Brasileiro | Exército Português | Força Aérea Brasileira | Força Aérea Portuguesa | Marinha do Brasil | Marinha Portuguesa | Forças Armadas de Moçambique | Forças Armadas da Guiné-Bissau | Timor - Sociedade | Forças de defesa de Timor | Brasil | Moçambique | Portugal | Listagem de todas as notícias | Listar todos os navios | Listar todas as aeronaves | Listar armas ligeiras | Listar todos os veículos | Listar todos os mísseis | Listar sistemas de artilharia | Artigos de opinião | Médio Oriente | União Europeia | Europa fora a UE | América do Norte | América do Sul e Caribe | África | Índia e Asia Central | Ásia e Oceânia|